Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
pedrojoaquim0093

Dicas De Bolo De Batizado E Decoração Completa

Sessenta Ideias, Imagens E Sugestões Práticas


] É sede de um concelho (desde 1852) que engloba no seu perímetro a cidade de Marco de Canaveses e a vila de Alpendorada. ] É restrito a norte pelo município de Amarante, a leste por Baião, a sul por Cinfães, a sudoeste por Castelo de Paiva e a oeste por Penafiel.



Por esta terra diz-se "Entre o Douro e o Tâmega, onde começa o Marão". Nascida num relevo instável a cidade tem a seus pés e como porta principal o Rio Tâmega. É servida de bons acessos Rodoviários, por intermédio da A4. Tem também ligações Ferroviárias, esperando por obras de electrificação da Linha que liga ao Porto.


O Marco de Canaveses é berço de figuras notáveis, que projectaram além-fronteiras o nome dessa terra, destacando-se no panorama artístico a figura de Carmem Miranda, no ramo empresarial Belmiro de Azevedo e no universo da ciência, o historiador Aníbal Barreira. Cidade desde 1993, de meia altitude (217 metros), de face voltada para o Norte, pra Serra da Aboboreira.


O topónimo principal "Marco de Canaveses" é composto por 2 elementos, sendo que o segundo será com toda certeza uma alusão à cultura do cânhamo, outrora abundante nessa região. O primeiro componente do topónimo, "Marco" derivaria de uma marca de pedra, divisória das freguesias de Fornos, S. Veja 10 Informações Pra Reformar A Moradia Morando Nela3 Táticas Pra Decorar A Residência E Adorar O Repercussão outra explicação pro topónimo tem origem numa lenda. Conta-se, que a rainha D. Mafalda teria passado pelas obras da ponte que mandara desenvolver, e cheia de sede, pediu água aos pedreiros. Como o acesso ao rio era muito dificultoso, um deles disponibilizou uma cana para que a rainha bebesse directamente do rio. A rainha, ao devolve-la terá dito "Guardai-a visto que a cana é interessante algumas vezes".


O povoamento do território a que corresponde o actual concelho do Marco de Canaveses remonta a épocas bastante recuadas, tendo sido localizados essenciais vestígios do tempo neolítico, nomeadamente alguns monumentos funerários. Do tempo da ocupação romana, chegaram até aos nossos dias os vestígios de Tongóbriga, uma povoação romana de que restam as termas, o fórum, zonas habitacionais e uma necrópole. A história do concelho passa na história da velha vila de Canaveses.


Mendo Gil foi o seu primeiro administrador conhecido. No decorrer dos anos de 1255 a 1384, o senhorio pertenceu a D. Gonçalo Garcia e seus descendentes. Em 1384, D. João I deu-o a João Rodrigues Pereira, parente de Nuno Álvares. Neste momento no reinado de D. João II era posse da coroa, sendo um meirinho nomeado pelo rei que administrava e nomeava os juizes, procuradores e tabeliães. No século XIX, foi integrada no concelho de Soalhães e em meados do mesmo século, no de Marco.


  • Progressão Funcional pra Servidores Públicos
  • dois - Faça bons projetos
  • Destaque sua personalidade
  • Quarto com lugar duplo: relaxamento certeiro
  • Não se endivide

O concelho do Marco de Canaveses foi criado em 1852 por decreto de D. Maria II, por anexação dos concelhos de Benviver, Canaveses, Soalhães, Portocarreiro, divisão dos de Gouveia e Santa Cruz de Riba Tâmega. Hoje, o Marco de Canaveses é uma cidade e concelho que, na tua proximidade ao Enorme Porto, serve de residência a vários que procuram a serenidade perto de um extenso centro urbano.


Actualmente os Monumentos mais visitados são a Igreja de Sta. Reforma De Apartamento Dos Anos sessenta Pela Rua Paulista , na Cidade, a cidade Romana de Tongobriga, no Freixo ; o Convento de Alpendurada, em Alpendurada e o Santuário do Bebê Jesus de Praga,em Avessadas. Obs: De 1900 a 1950 as informações referem-se à população "de facto", ou seja, que estava presente no concelho à data em que os censos se realizaram.


(PRO)
No Soup for you

Don't be the product, buy the product!

close
YES, I want to SOUP ●UP for ...